Posts Recentes

Como desativar o Indexador do Microsoft Windows Search (SearchIndexer.exe)

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, abril 27
O Indexador do Microsoft Windows Search (SearchIndexer.exe) é um serviço importante, responsável por controlar a indexação dos arquivos e programas do Windows, para que os mesmos possam surgir na pesquisa do Windows.

Como tal, é um serviço essencial do sistema, mas que por vezes pode apresentar comportamentos "estranhos", levando ao consumo excessivo de CPU, RAM e disco.

Remover este serviço não é recomendável, visto que "alimenta" várias funcionalidades importantes do seu sistema. No entanto, pode ser otimizado para consumir menos recursos ou desativado.


indexador do windows search

Como parar o serviço?

Para parar (temporariamente) o indexador do Microsoft Windows Search basta pressionar as teclas de atalho CTRL + SHIFT + ESC para abrir o Gestor de tarefas e aceder ao separador "Serviços". Procure o processo "Windows Search" e toque com o botão direito do rato selecione "Parar".

Caso pretenda desativar o serviço completamente, volte aceder ao Gestor de Tarefas pressionando as teclas de atalho CTRL+SHIFT+ESC e clique no separador "Serviços". Na parte inferior da janela, toque no link "Abrir Serviços" e procure o Windows Search. Com o botão direito do rato selecione "Propriedades" e no campo "Tipo de arranque" mude para "Desativado".

desativar o Indexador do Microsoft Windows Search


Como fazer o SearchIndexer.exe usar menos RAM e CPU?

Se pretende que o SearchIndexer.exe consuma menos recursos, basta reduzir a quantidade de informação que o mesmo deve indexar. Para isso, comece por pesquisar pelas "Opções de Indexação" (usando a pesquisa do Windows). Em alternativa, poderá aceder ao Painel de Controlo.

Clique no botão "Modificar" e selecione manualmente quais as pastas que devem ser indexadas, ou seja, cujo conteúdo deva surgir nas pesquisas.

arquivos indexados pelo windows


Volte ao menu Anterior e clique no botão "Avançadas" - Tipos de ficheiro (ou arquivo). Marque a opção "Indexar apenas propriedades". Está pronto, o Indexador do Microsoft Windows Search deverá ficar agora mais "leve", melhorando a performance do PC.

Como ativar o Adobe Flash Player no Google Chrome (gerir sites)

Por Jorge Sampaio → terça-feira, abril 25
Como forma de aumentar a segurança da navegação, os navegadores começaram a bloquear a execução automática do Flash. Embora compreensível, esta opção pode tornar-se bastante aborrecida, quando navegamos nos nossos sites favoritos, e somos confrontados com avisos constantes da falta do Flash.

No entanto, se você navega em sites de confiança, pode contornar esta opção, adicionando o site à lista de exceções. O Google Chrome permite igualmente ativar o Flash para todos os Websites, no entanto, esta opção é recomendável.


Ativar o Adobe Flash Player no Google Chrome


Comece por clicar no botão de Opções do Google Chrome em forma de 3 pontos e selecione as Definições. Na parte inferior da janela selecione "Definições Avançadas". No campo "Privacidade" selecione "Definições de conteúdo".



Repare que o Google Chrome lhe permite controlar o carregamento de diversos elementos (Flash, Javascript, etc.).



No campo "Flash" toque no botão "Gerir Excepções" e adicione site que pretende que deixe de ser "filtrado". Está pronto, caso tenha dúvidas, envie o seu comentário.

[Resolvido] Microsoft compatibility Telemetry usando muito disco

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, abril 24
O seu Windows está lento, você abre o Gestor de Tarefas para analisar a causa da lentidão, e repara que processo microsoft compatibility telemetry está usando muito disco. Mas o que é o Microsoft compatibility telemetry? Para que serve?


Este processo envia automaticamente dados de diagnóstico e de utilização do seu computador para a Microsoft. Essas configurações causaram muita controvérsia desde o lançamento do Windows 10, no entanto, a Microsoft afirma que o única função deste serviço é ajudar a melhorar os seus produtos.


Como desativar o Microsoft Compatibility Telemetry


Em primeiro lugar, comece por aceder ao menu "Iniciar" - Definições (ou Configurações) - Privacidade. No menu à sua esquerda selecione a opção "Comentários e Diagnósticos". No campo "Dados de utilização e diagnóstico" baixe a quantidade de informação para "Básico".



No entanto, se pretende remover por completo o serviço por completo, poderá faze-lo recorrendo às opções do próprio Windows, e um pequeno “hack” do registro.

Comece por aceder ao menu iniciar - configurações - privacidade. No separador geral, desactive todas opções disponíveis para evitar que o Windows envie estatísticas de uso.



2. Pressione as teclas de atalho CTRL+SHIFT+Escape para iniciar o Gestor de Tarefas. Em seguida, aceda ao menu ficheiro (ou arquivo),  selecione opção nova tarefa. Digite regedit para iniciar o editor de registro.

Agora aceda ao diretório hkey_local_machine\software\policies\microsoft\\datacolletion.

Com o botão direito do mouse clique na pasta data colletion e selecione a opção Dword 32 bits e dê o nome AllowTelemetry e atribua o valor 0.



Possui outra dica? Envie o seu comentário, e ajude a complementar este tutorial.


Como impedir que o WhatsApp salve as fotos automaticamente

Por Jorge Sampaio → sábado, abril 22
Por norma, o WhatsApp salva automaticamente todas as fotos recebidas, de forma a melhorar a performance do próprio aplicativo. No entanto, se você não quer guardar essas mesmas fotos, escolhendo quais pretende salvar, pode desactivar o download automático dos arquivos.

Você pode ainda escolher que tipo de arquivos que pretende baixar automaticamente, quando está a usar os dados móveis ou uma rede Wi-Fi. Quando está a usar uma rede Wi-Fi, o WhatsApp salva todo o tipo de arquivos recebidos automaticamente (vídeos, documentos e arquivos de áudio). Não obstante, você poderá desativar igualmente essa funcionalidade.

Como impedir que o WhatsApp salve as fotos automaticamente


Impedir que o WhatsApp salve as fotos automaticamente


Antes de avançar, é importante relembrar que o Android permite ocultar as fotos da galeria com relativa facilidade, como tal, se a sua preocupação se prende com problemas de privacidade, poderá consultar o nosso tutorial: Como ocultar fotos no Android.

Comece por aceder ao aplicativo WhatsApp e clique no botão de opções "3 pontos". Entre em "Configurações" e selecione a opção "Uso de dados".

WhatsApp salve as fotos automaticamente


No campo "Download automático" selecione o tipo de arquivos que o WhatsApp deve guardar consoante o tipo de ligação (Rede de dados ou Wi-Fi). Se desmarcar todas as opções, o WhatsApp não salvará qualquer arquivo.

uso de dados no WhatsApp


Relembramos que você também poderá usar o WhatsApp Web para salvar as fotos directamente no computador. Para mais detalhes consulte o seguinte tutorial: Como salvar as fotos do WhatsApp no PC.

Como os amigos veem meu Facebook (o que pode ser visto)

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, abril 20
O Facebook permite controlar eficazmente toda a informação publicada no seu perfil, evitando que certos usuários possam visualizar publicações embaraçosas. Além das publicações, você pode ocultar os amigos, data de nascimento, estado de relacionamento, etc.

No entanto, é normal surgir a dúvida: como é que as pessoas veem meu Facebook? Que postagens podem ver? Que secções são exibidas? A pensar nisso, o Facebook decidiu criar uma ferramenta que permite mostrar como é que o Facebook é exibido para determinado amigo, e para o público em geral.

Como os amigos veem meu Facebook


Comece por aceder à sua conta Facebook e carregue a página do seu perfil. Caso use o navegador Google Chrome poderá pressionar as teclas de atalho ALT+2.

Carregue no botão de 3 pontos (...) que surge no canto inferior direito da foto de capa do seu perfil. Selecione a opção "Ver como".



Surgirá uma versão do seu perfil, exibindo todas as informações exibidas para o "Público". Você poderá obter uma versão específica a cada um dos seus amigos, bastando digitar o nome do respectivo amigo.

Controlar a informação publicada para cada amigo


Tal como já foi referido, o Facebook permite controlar todo o conteúdo exibido no seu perfil. Como tal, pode acontecer que você pretenda evitar que determinado amigo (s) seja impedido de visualizar uma publicação específica. Sendo assim, como deve proceder?

A solução passa por expandir a opção "Quem deve ver isto" e marcar a opção "Amigos específicos" ou "Amigos excepto".


Resolver: A sua conexão não é particular no Google Chrome

Por Jorge Sampaio → terça-feira, abril 18
Sempre que tenta aceder a um website através do Google Chrome, recebe uma mensagem de erro indicando que a sua conexão não é particular? Saiba como resolver o problema de uma forma simples e intuitiva.

Embora seja possível prosseguir com a ligação ao website, é importante perceber o porquê deste erro estar a surgir e tentar resolver a situação (caso o problema seja efetivamente do seu dispositivo).

A sua ligação não é privada no Google Chrome


A sua ligação não é privada (resolver)



1. Antes de mais, comece por verificar se a data e hora do seu computador, Smartphone ou tablet estão corretas. Se necessário, proceda à respetiva correção.

2. Caso o erro não desapareça, experimente limpar os arquivos cache do seu navegador. Para isso, pressione as teclas de atalho CTRL + SHIFT + DELETE com a janela do navegador aberta, e confirme a exclusão dos arquivos cache.



3. Tente abrir o mesmo Website em modo incógnito. Dessa forma, o Chrome não carrega as extensões, evitando possíveis problemas de funcionamento.

Para isso, basta pressionar as teclas de atalho CTRL+SHIFT+N. Caso o website carregue normalmente, poderá resolver o problema excluindo as extensões do navegador, reativando uma de cada vez, até descobrir qual a extensão problemática.

Para isso, aceda às configurações do Google Chrome - Extensões - Desative as Extensões.

4. Use o programa Complete Internet Repair para tentar corrigir os erros que afetam a sua ligação. Para mais detalhes consulte o nosso tutorial: Como recuperar a conexão à Internet.

reparar internet


5. Outra hipótese é o seu computador estar infectado com Malware. Para resolver o problema, faça uma verificação usando o programa gratuito Malwarebytes Anti malware.

Na prática, você poderá usar o Malwarebytes Anti Malware mesmo que já possua um antivírus instalado. Para mais detalhes, consulte o seguinte tutorial: Como remover vírus, trojans, spyware.

6. O Antivírus também poderá bloquear certificados de SSL estranhos, o que poderá levar à exibição do erro. Verifique as definições do seu antivírus, se necessário, desative a proteção momentaneamente para verificar se o problema desaparece.

O erro não desapareceu?

Existe ainda a possibilidade do erro estar a ser provocado por uma falha do website que está a tentar aceder. No entanto, é importante notar que o uso proxys, VPNs ou servidores DNS "estranhos" também podem prejudicar a sua conexão. Precisa de ajudar? Envie um comentário.

Como ativar os cookies no Microsoft Edge

Por Jorge Sampaio → terça-feira, abril 4
Os cookies são pequenos arquivos que permitem que os sites guardem informações no seu navegador, por exemplo, para permitir o login automático. Como tal, se você possui os cookies desativados, é normal receber mensagens de aviso, pedindo para ativar os cookies do navegador.

Para evitar que o seu navegador se torne "irritante", com avisos constantes, deverá ativar esses mesmos cookies. Neste tutorial, iremos explicar como ativar os cookies no navegador Edge.

Como ativar os cookies no Microsoft Edge


Como ativar os cookies no Microsoft Edge


Comece por iniciar o navegador Microsoft Edge e clique no botão de opções (botão de 3 pontos). Em seguida, selecione as Definições (ou Configurações).

Toque no botão "Ver Definições Avançadas". Na parte inferior da janela, encontrará a opção "Cookies". Agora, basta alterar esta opção para "Não bloquear Cookies".

habilitar cookies no edge


Caso continue a obter a mesma mensagem de erro, poderá ser necessário limpar a cache do navegador. Para isso, basta pressionar as teclas de atalho, CTRL+SHIFT+DEL e marcar a opção "Ficheiros e dados em cache". Carregue no botão "Limpar" e volte a tentar.



Limpar os cookies, torna o seu navegador irritante



Os cookies e a cache do navegador possuem alguns benefícios interessantes. Se limpar regularmente a cache do navegador, sua navegação será mais lenta, porque o navegador será obrigado a carregar mais arquivos.

Por outro lado, se limpar regularmente os cookies, irá visualizar mais mensagens de consentimento de cookies, e será necessário voltar a fazer login nos serviços online. Em suma, o seu navegador geralmente tem boas razões para armazenar cookies e outros dados privados.