Posts Recentes

Como obter informações da tela LG Phillips pelo modelo (LP156WH...

Por Jorge Sampaio → sábado, fevereiro 17
Partiu a tela (monitor LCD) do seu portátil? A tela mostra linhas verdes e rosa (e na TV a imagem é exibida corretamente)? Não há problema, a troca do monitor de um portátil e relativamente simples, bastando na maioria das vezes remover o “basel” (plástico de protecção) e alguns parafusos.

No entanto, quando você vai comprar o monitor de substituição, é “bombardeado” com perguntas como por exemplo: o monitor é LED ou CCFL? Possui 30 ou 40 pinos? Quantas polegadas possui? Nos monitores LG Phillips é possível obter praticamente todas as informações olhando para o modelo do LCD.



Por exemplo: LP156WH3 (TL) (E1)

As primeiras letras identificam a marca da tela, neste caso LG Phillips. Outras marcas são identificadas por letras diferentes, que em alguns casos, são muito diferentes do nome da marca. Veja alguns modelos:

  • LP - LG Phillips
  • LTN - Samsung
  • Fx - Hitachi
  • Sharp - LQ ou LM


Em seguida, poderá encontrar o tamanho do seu monitor polegadas, por exemplo :


  • 156 - 15,6
  • 140 - 14,0
  • 173 - 17,3


As próximas letras representam a resolução máxima do monitor.


  • WH - 1366*768
  • WD - 1600*900
  • WF - 1920*1090


Por fim, os últimos dois conjuntos de caracteres ajudam a identificar o número de pinos e tipo de monitor.

  • (TX) (XX) - ecrã TN
  • (SX) (XX) - ecrã IPS


  • (XP) = 30 pinos
  • (XL) = 40 pinos


(XX)(E1) = o último conjunto de caracteres costuma identificar o modelo inicial de notebooks para os quais foram desenhados. Este número é muitas vezes "ignorado", visto que existe compatibilidade entre LCD.

Como Reparar o MBR (Master Boot Record) do Windows

Por Jorge Sampaio → sexta-feira, fevereiro 16
O Master Boot Record (geralmente reduzido como MBR) é um conjunto de informações armazenado no sector "Boot", que permite controlar o processo de inicialização para o Windows. No MBR, é possível encontrar a assinatura do disco, a tabela de partições do disco e um pequeno código chamado de "Master Boot Code".

Quando a secção MBR fica corrompida, o  Windows deixa de conseguir arrancar, podendo exibir mensagens de erro como por exemplo:

  • Error loading operating system;
  • Missing operating system;
  • Reboot and select proper boot device;
  • Invalid partition table;
  • Bootmgr is missing;
  • FATAL: No bootable medium found! System halted.

Como reparar o MBR (Master Boot Record)


Como reparar o MBR (Master Boot Record)


Para recuperar o arranque do seu Windows, basta usar o Ambiente de recuperação do próprio Windows. Para isso, será necessário criar um suporte de instalação (poderá usar um computador diferente).

Agora inicie o seu computador através do suporte de instalação (Pen USB ou DVD). Para isso, será necessário alterar a ordem de arranque (boot) na BIOS (ou UEFI) da sua motherboard.

No ecrã que surge, selecione a opção "Reparar o meu computador". Selecione a opção "Resolução de problemas".



Agora selecione a opção "Reparo Automático", que lhe permite recuperar o arranque do Windows automaticamente.



O Windows não foi reparado..e agora?


Caso a ferramenta de recuperação não consiga recuperar o arranque do Windows, poderá usar a Linha de comandos para uma reparação rápida e eficaz. Volte a iniciar o computador através do suporte de instalação e selecione a opção "Reparar o Meu computador" - Resolução de problemas - Prompt de comando (Linha de comandos). Digite o seguinte comando:

bootrec /fixmbr

Este comando consegue restaurar o Master Boot Record (MBR), sem "destruir" a tabela de partições do disco. Caso seja necessário criar um sector de arranque completamente novo, poderá usar o comando "fixboot".

Este comando é bastante útil caso a secção "Boot" tenha sido rescrita por outro sistema operativo, ou infectada por malware. Digite o seguinte comando:

bootrec /fixboot

Esta segunda opção irá criar uma nova lista de partições, pelo que poderá ser necessário reconfigurar as opções de arranque em computadores com múltiplos sistemas operativos. Se tudo correu bem o seu computador conseguirá iniciar normalmente.

Caso nenhuma das opções seja eficaz, poderá ser necessário proceder à reinstalação do Windows. Este processo pode ser feito ser perder os seus arquivos. Para isso, basta usar a opção "Recuperação da imagem do sistema".

Como Baixar o Windows 10 (arquivo .iso) - Legalmente

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, fevereiro 15
Pretende instalar (ou reinstalar) o Windows 10 no seu computador? Precisa do suporte de instalação? Não há problema, a Microsoft permite-lhe baixar o Windows 10 no formato .iso (imagem de DVD), que poderá armazenar num suporte externo (evitando usar um pendrive para o efeito).

Em primeiro lugar, comece por baixar a ferramenta "Media Creation Tool" da Microsoft e execute o aplicativo. Em seguida, selecione a opção "Criar um suporte de dados de instalação (pen USB, DVD ou ficheiro ISO).



Não se esqueça, que para proceder à instalação do Windows, deverá possuir uma licença válida. Caso pretenda recuperar a sua chave atual, consulte o seguinte tutorial: como recuperar a chave do Windows (10, 8 e 7).

Agora, escolha qual o idioma do Windows (poderá ser alterado posteriormente), a arquitetura e a edição. Para baixar uma versão do Windows diferente da que é usada no seu computador, deverá desmarcar a opção "Utilize as opções recomendadas para este PC".



Caso tenha dúvidas, ou pretenda criar um suporte de instalação para outro computador, poderá usar a ferramenta "Winver" para obter mais detalhes da instalação atual. Para isso, pressione em simultâneo as teclas Windows+R e na caixa de execução digite "winver" (sem aspas).




32 ou 64 bits? Possui mais de 4 GB de RAM?


O Windows 10 com arquitetura de 32 bits, apenas suporta 4 GB de memória RAM. Ou seja, se possuir uma placa gráfica com 1 GB de RAM, o Windows irá exibir uma mensagem que possui 4GB de RAM mas apenas 3GB são utilizáveis.



Se possui um processador compatível com 64 Bits, instale a versão 64 bits do Windows, que lhe irá garantir uma maior performance. Para mais detalhes, consulte o seguinte tutorial: 32 bits ou 64 Bits - Qual devo escolher?

Termine o download do Windows 10


Para terminar, selecione a opção "Ficheiro ISO" e clique em "Seguinte" para iniciar o download do sistema operativo.



Escolha o local onde pretende armazenar o arquivo .iso e clique em "Guardar". Lembre-se o arquivo .iso poderá ser gravado diretamente em DVD (usando a opção nativa do Windows), ou em pen USB usando o programa Rufus.

Como Recuperar a Chave do Windows (7, 8 e 10)

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, janeiro 29
Se está a planear a reinstalação do Windows, é essencial possuir a chave de ativação do Windows. Existem 3 formas de obter a chave do Windows: usando um programa específico, verificando a etiqueta colada no chassi, ou armazenada na UEFI.

Em teoria, a chave do seu Windows encontra-se armazenada no registro do sistema (regedit), no entanto, a mesma encontra-se no formato "binário", sendo impossível de ler da forma tradicional.



Relembramos ainda que muitos fabricantes dos computadores permitem a criação de um suporte de instalação do Windows, a qual dispensa a introdução de uma chave de ativação, visto que é ativada através de uma chave Windows OEM (Original Equipment Manufacture). Para mais detalhes, consulte o seguinte tutorial: Como criar um DVD do Windows.

Como recuperar a chave do Windows



Usando um programa: Quando você (ou o fabricante) instala o Windows no computador, a chave fica armazenada no seu PC. Recorrendo a um programa gratuito como o NirSoft ProduKey, ou o Berlac Advisor, poderá recuperar rapidamente a chave do seu Windows.



No caso do NirSoft ProduKey, é possível recuperar chaves do Windows de computadores avariados, bastando aceder a menu "File" > Select > e apontar para o disco do computador em questão.

Etiqueta: Muitos computadores possuem uma etiqueta colada ao chassi, no qual está impressa a chave do Windows. O lado negativo, é que os caracteres impressos têm tendência em desaparecer, tornando mais difícil a leitura dos mesmos.


Se for impossível ler a totalidade da chave, poderá experimentar contatar o fabricante do PC para perceber se é possível obter ajuda. Já a Microsoft, terá todo o gosto em lhe vender outra chave...

Incluído na UEFI: Muitos computadores recentes possuem a chave de ativação incluída na UEFI da placa-mãe. Na prática, o seu Windows conseguirá concluir a ativação sozinho, bastando para isso que instale a mesma versão do Windows.

Por exemplo, se possui a chave da versão Windows 10 Home, não poderá instalar a versão Windows 10 PRO, isto porque a versão PRO possui mais funcionalidades e como tal, possui um valor superior.

Se pretender anotar a chave do Windows que se encontra armazenada na UEFI. Poderá usar um comando do PowerShell. Para isso, basta digitar "PowerShell" na pesquisa do Windows, e na janela do aplicativo digitar o seguinte comando:


Operating System Not Found? Como Resolver o Problema

Por Jorge Sampaio → domingo, janeiro 21
Sempre que tenta arrancar o seu computador, recebe uma mensagem de erro indicando: "Operating System not found"? Em termos práticos, esta mensagem surge quando o computador não consegue encontrar o sistema operativo (Windows), impedindo o normal arranque.

Essa falha pode surgir por diversos fatores: avaria do disco rígido (ou cabo de ligação), uma falha nos arquivos de arranque (Master Boot Record - MBR), o computador está a tentar arrancar através de um dispositivo USB, etc.

Se estiver perante uma avaria do disco rígido, começará a experienciar vários "sintomas" antes de surgir o erro, como lentidão extrema do computador, ouvir barulhos (cliques), etc.



1. Desligar todos os dispositivos de armazenamento externo

Em primeiro lugar, experimente desconectar todos os dispositivos de armazenamento externos conectados ao PC, isso inclui discos externos, cartões de memória, pendrives, etc. Dessa forma, evita que o compute "procure" o Windows nesses dispositivos (onde obviamente não irá encontrar) e interferir com o arranque do sistema.



2. Verificar se o Computador reconhece o Disco


Se o problema não desaparecer, será necessário verificar se o computador consegue reconhecer o disco rígido. Poderá fazer isso através da BIOS / UEFI do seu computador, bastando para isso entrar no respectivo setup. A metodologia de entrar no setup da BIOS irá depender do fabricante e respectivo modelo do PC.

Normalmente, é necessário pressionar uma tecla de atalho, que pode variar desde a tecla "ESCAPE", "F2" ou "F10". No primeiro ecrã do PC, surgirá uma pequena indicação da tecla que deverá ser usada. Procure a lista de dispositivos, e confirme se a opção "HDD" ou "Primary Master" exibe o disco do PC.



Caso o disco não surja listado, é muito provável que seja necessário a sua substituição, e respectiva reinstalação do Windows. No entanto, poderá experimentar fazer um reset às configurações da BIOS. Na tela de configuração da BIOS, procure a opção "Setup Default Values" e confirme o reset das confiug

3. Recuperar o Windows

Caso o disco rígido continue a ser reconhecido, será necessário fazer uma recuperação do Windows. Para isso, comece por baixar o aplicativo "Media Tool" disponibilizado pela própria Microsoft para criar uma unidade de instalação do Windows 10 (usando outro computador). Selecione a opção "Criar suporte de dados de instalação para outro computador".



Selecione o sistema operativo que deverá conter, bem como a arquitetura (32 ou 64 bits). Caso não saiba qual arquitetura usada pelo PC, poderá optar por selecionar "Ambas" e deixar o Windows escolher a melhor durante a instalação.

Após concluir a criação do suporte, será necessário reiniciar o computador e iniciar o Windows usando o suporte que acabou de criar (DVD ou USB). Para isso, será necessário entrar no Setup da BIOS (pressionando F2 no primeira tela de arranque) e alterar a ordem de arranque colocando o suporte que criou (DVD ou USB) em primeiro lugar.

lista de boot


Salve as alterações, o computador irá iniciar novamente. Surgirá uma janela de arranque do Windows. Comece por selecionar o idioma (à partida, já estará selecionado o Português). Na janela seguinte clique na opção "Reparar este PC" e aguarde enquanto o Windows inicia a recuperação.

Agora poderá usar uma das muitas opções de recuperação do próprio Windows, incluindo a Linha de comandos, o Restauro de Sistema, a "Reposição do Windows", etc.


opçoes avançadas de recuperação windows 10


Caso já tenha tentado o "Restauro de Sistema", sugerimos a reposição do sistema usando a opção "Repor este PC". Agora basta seguir as direções indicadas pelo próprio Windows 10. Não consegue iniciar a reposição?

Poderá estar a enfrentar um Windows mais "grave". Envie a mensagem que está a receber com o respetivo código através de comentário para obter mais indicações. Ficou com dúvidas, envie o seu comentário.

Como Ocultar Email no login do Windows 10 (Tutorial)

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, janeiro 3
Usar uma conta Microsoft no Windows 10 permite ter acesso à loja do aplicativos e obter o conteúdo da sua conta nos aplicativos (Windows Mail, OneDrive, etc).

No entanto, se partilha o computador com outros usuários (amigos, familiares ou colegas de trabalho), pode sentir-se desconfortável em exibir o seu email na tela inicial do Windows 10. A pensar nisso, a Microsoft decidiu incorporar uma opção que permite ocultar o email, surgindo apenas o nome do usuário.



Como escolher um gabinete (caixa) para o PC

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, dezembro 13
Atualmente existe uma enorme variedade de gabinetes (caixas) para PC, capazes de satisfazer o entusiasta mais exigente. A tentação é comprar o gabinete mais extravagante e visualmente atrativo. No entanto, existem diversos factores que deve equacionar antes de escolher o produto final.



Escolher o tamanho

O primeiro fator que deve equacionar é o tamanho. O seu gabinete deverá suportar o tamanho da Motherboard, que pode ser ATX (mais comum), Micro ATX e mini ITX.

É igualmente importante verificar se a caixa possui espaço de montagem suficiente para o dissipador e placa gráfica, caso contrário, não conseguirá fechar a porta lateral do gabinete.

As caixas maiores normalmente facilitam a montagem, e possuem espaço para adicionar componentes extra (dispositivos de armazenamento, slots de expansão, placas gráficas maiores, mais ventoinhas, radiadores, etc).



Funcionalidades

Após escolher o tamanho adequado, é importante olhar para as características e funcionalidades oferecidas pelo gabinete. Nesse caso, valorize um gabinete que lhe ofereça um painel que promova a conectividade, disponibilizando entradas USB de elevado desempenho (3.0).

Verifique igualmente se o gabinete possui filtro contra o pó. Tal como o próprio nome indica, este tipo de filtros consegue evitar que o pó se acumule nos componentes do computador e gere calor (e desgaste) adicional. O calor é uma das principais causas das avarias dos componentes do PC.



Modular

Um bom gabinete deve ser modular, ou seja, deve permitir reajustar os seus componentes de forma a satisfazer as necessidades do utilizador. Por exemplo, alguns gabinetes permitem remover os suportes de disco (HD), possibilitando a instalação de placas gráficas mais longas.

Suporte para arrefecimento a água

Se optar por um arrefecimento a água, é importante verificar se o gabinete lhe garante espaço e suporte para a bomba e o radiador.

Organização dos Fios

Para manter a coerência e organização, é importante que o gabinete permita organizar os fios dos componentes. Dessa forma, conseguirá uma instalação com um aspeto mais "limpo", e irá facilitar a sua tarefa nas futuras manutenções.

Qualidade do material

Por fim, tenha em atenção à qualidade dos materiais usados no gabinete. Os gabinetes de baixa qualidade, podem apresentar arestas cortantes e o material dobra mais facilmente. Um bom gabinete deve ser robusto e de preferência, construído com materiais que reduzam a emissão de ruído.